Drogas mais viciantes usadas no Brasil, descubra quais são

por Tauama de Moraes
CRP 11 - 07100

Muitas pessoas têm a dúvida se alguma droga pode ser mais viciante do que a outra e sim, é possível e aqui nós vamos falar das drogas consumidas no Brasil que são mais viciantes e por quê. Acompanhe e descubra.

O que faz uma droga ser viciante?

Em resumo, as drogas viciam porque agem no sistema de recompensa, um sistema primitivo que se localiza embaixo do córtex, causando um enorme prazer, liberando dopamina, desde a primeira vez e a partir de então sempre que usadas isso faz com que o cérebro peça para sentir aquilo novamente.  

É por causa do sistema de recompensa que depois do almoço surge aquela vontade de comer uma sobremesa, mas também a vontade de colocar um bebê no colo ou cheirá-lo e até encontrar os amigos. Ele abrange as partes do cérebro formadas por circuitos neuronais, que são responsáveis por processar informações referentes a prazer e satisfação.

O grande problema da maneira de como o sistema de recompensa age, é que depois de algum tempo o cérebro perde a sensibilidade para a droga e isso faz com que cada vez mais precise de uma quantidade maior para se satisfazer. Muitas vezes, a pessoa pode procurar uma droga mais pesada para conseguir sentir as sensações de antes.  

Drogas mais viciantes no Brasil

Heroína

Embora não tão consumida em nosso país, comparada a outras drogas e talvez por conta do alto preço, a heroína ainda pode ser encontrada, mas de forma menos fácil.

A razão pela qual ela está em nossa lista é relacionada a descarga de dopamina causada no cérebro após o consumo, aumentando o nível em 200%, conforme resultados em testes em animais de laboratório.

A heroína está no primeiro lugar da nossa lista de drogas mais viciantes, mas além da capacidade dela de tornar alguém viciado, ela é muito perigosa porque a dose que pode levar a morte é apenas 5x maior do que a dose usada normalmente.

Cocaína

A cocaína tem o poder de impedir que os neurônios desliguem o sinal da dopamina, alterando a maneira que o sistema de recompensa age.

Os níveis de dopamina após o uso da cocaína aumentam cerca de 3 vezes do normal, segundo experimentos feitos em animais.

Além da cocaína em si, outra droga criada a partir do componente da cocaína, o crack, é considerada também uma das drogas mais viciante.

Portanto, duas drogas feitas a partir da coca estão entre as cinco drogas mais viciantes.

Seu efeito é muito parecida com a metanfetamina, droga que até então não é comercializada no Brasil, onde cerca de 21% dos indivíduos que experimentarem correm grandes riscos de se tornar dependentes.

Nicotina

Quando se pensa em drogas viciantes, raramente vem a cabeça drogas lícitas e amplamente comercializadas como o cigarro. No entanto, sua forma de transmissão para o cérebro é rápida, ocorrendo logo após sua passagem pelos pulmões, assim o cérebro sabe rapidamente pelo sistema de recompensa que o prazer vem do uso do cigarro, aumentando cerda de 25% e 40% os níveis de dopamina.

O cigarro ainda é facilmente encontrado e com preços que variam muito, mas que podemos considerar como a droga que custa mais barato em nossa lista.

Calmantes

Os calmantes, também conhecidos como barbitúricos, são medicamentos utilizados no tratamento de ansiedade e para a indução do sono. Ao contrário das outras drogas dessa lista, os barbitúricos fazem com que algumas regiões do cérebro parem de funcionar, interferindo nos componentes químicos do cérebro.

Seus efeitos podem ser variados, pois, quando consumidas em menores quantidades podem causar euforia, no entanto, quando consumidas em quantidades maiores podem até levar a morte, já que diminuem a respiração, podendo chegar a parar. 

Ao longo dos anos as receitas ficaram mais restritas e muitos medicamentos antes prescritos passaram a ser substituídos por outros menos viciantes.

 Jimi Hendrix e Marilyn Monroe sofreram overdose e morreram através do uso de  barbitúricos.

Álcool

O álcool embora seja amplamente comercializado em diversos países, com diversos preços e aspectos, está entre as drogas mais viciantes e isso acontece porque causa diversos efeitos no cérebro. Nas experiências feitas em animais em laboratório, fio demonstrado que os níveis de dopamina aumentaram entre 40% e 360% no sistema de recompensa.

O álcool pode ser muito prejudicial tanto pelo fato de não existir uma regulamentação mais forte para o consumo, mas também porque, diferente de outras drogas, ela é lícita, consumida sem culpa, mesmo que em grandes quantidades e até mesmo possui reforço social para consumir.

Saiba mais sobre o alcoolismo.

Essas são as cinco drogas mais viciantes encontradas e usadas no Brasil. Se você tem algum parente que passa por esse problema, pode contar com a gente para os tratamentos mais completos. Clique aqui para conversar.

Compartilhe esse post

Relacionados

Deixe seu cometário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comece agora a mudança na sua vida

entre em contato com nossa equipe