12 Famosos que venceram o vício em drogas e suas histórias

por Tauama de Moraes
CRP 11 - 07100

Muitas pessoas acreditam que a dependência em drogas é algo sem saída e incurável. Para dar esperança às pessoas que passam por isso vamos falar sobre famosos que venceram o vício em drogas, dando os detalhes conhecidos, para que você se inspire ou inspire alguém a mudar de vida.

Robert Downey Jr.

Mais conhecido no cinema pelo papel de Homem de Ferro, Robert Downey Jr., começou a atuar com 5 anos, por influência de sua família de artistas. Após atuar em Abaixo de Zero, além de ser aclamado pela crítica, acabou impulsionando o problema com drogas, que já tinha na época.

Ele já foi preso duas vezes e em um documentário revelou que havia sido espancado e enviado para a solitária, além disso, também falou sobre as diversas confusões em que se meteu na cadeia nos anos 90.

Downey chegou a passar por um tratamento obrigatório de 12 meses numa clínica de recuperação e teve todo apoio da sua esposa, que o ajudou a vencer esse problema.

Para ressurgir das cinzas de Hollywood, o ator recebeu seu papel mais famoso do grande Stan Lee, o de Homem de Ferro, outro fator responsável por mantê-lo a salvo das drogas.

Fonte: Observatório do Cinema UOL

Drew Barrymore

Drew Barrymore é conhecida por muitos filmes em que atuou, mas a atuação estava em suas veias, afinal, os seus bisavós e avô eram referências no cinema desde a decada de 30, com exceção de seus pais que nunca tiveram sucesso e tinham problemas com o consumo de álcool.

Drew passou por uma enorme pressão desde criança, pois quando nasceu seus pais já estavam separados por causa do problema com álcool de seu pai. Ela começou a atuar aos 11 meses e aos sete anos se tornou a queridinha do cinema e da TV.

Aos 9 anos ela já bebia frequentemente e praticamente só convivia com os adultos, enquanto sua mãe não via problema nisso, pois segundo ela, as crianças eram más com Drew.

Não demorou para que a criança começasse a frequentar ambientes de adultos, como a boate Clube 54, muito famosa na época. Sua mãe, apesar de dizer que não encorajava Drew a beber, não via problema, inclusive, não a supervisionava.

Quando tinha 10 anos, ela já usava maconha e aos 12 já cheirava cocaína. Aos 14 anos tentou o suicídio e logo depois passou vários meses internada numa clínica de reabilitação e desde então não teve mais problemas com drogas. Aos 15 pediu emancipação da mãe, pois julgava que ela era uma má influência, além de nunca ter lhe dado carinho.

Segundo Drew, o fato de ter sofrido diversas críticas na adolescência, principalmente em relação a não ser bonita o bastante, foi parte importante para ela afundar cada vez mais nas drogas.

Com 20 anos passou a ser a garota problema de Hollywood, massacrada diariamente pelos colunistas, mas depois de várias pequenas participações até estrelar alguns filmes se reergueu e passou a ser uma grande estrela de cinema.

Fonte: M de Mulher

Vera Fischer

A atriz Vera Fischer estava no auge. Interpretando papéis importantes em novelas globais, ganhando destaque nas colunas de revistas aclamadas na época, mas como muitos artistas, passou a ter problemas com drogas e álcool.

A atriz foi internada diversas vezes em clínicas de reabilitação, tentando vencer a dependência de cocaína e álcool que começou aos 36 anos.

Quando perdeu a guarda do filho para o pai da criança, que ficou com a guarda mesmo também tendo sido internado com problemas com drogas, Vera decidiu passar mais tempo numa clínica e demorou mais tempo para se envolver com drogas novamente, mas em 2011 passou pela sua última internação e se diz mais forte hoje por causa da superação.

Fonte: Notícias da TV Uol

Rita Lee

A história de Rita Lee também é muito conhecida, pois em sua biografia são dados detalhes a respeito do uso de drogas e o impacto que isso causou em sua vida. Inclusive, a cantora diz que experimentou praticamente todas as substâncias e estava sob efeito delas quando criava as letras de várias músicas.

Dentre tudo que aconteceu com Rita durante a vida de dependente, alguns destaques são: 

  • Ser presa
  • Internada várias vezes em clínicas de reabilitação 
  • Sofrer de overdose pouco antes de abrir um show dos Rolling Stones aqui no Brasil e 
  • Um ano depois caiu da varanda do segundo andar de seu sítio, onde quebrou o maxilar.

Foi quando sua primeira neta nasceu que ela tomou a decisão de parar de usar drogas e permanecer sóbria.

Hoje, Rita Lee tem uma vida reservada ao lado de seus familiares, considera um milagre ter se mantido viva e diz não usar mais nada.

Fonte: Bol e Globo Play

Elton John

Conhecido no mundo inteiro como um grande compositor, Elton John também já teve problemas com o vício e eles não eram poucos.

Ele começou a usar drogas para perder a timidez, mas foi perdendo os amigos e até sua mãe, que decidiu se mudar para longe, pois não o aguentava mais.

No ano de 1975, Elton quase morre de overdose, mas em 1990 decidiu começar um tratamento completo numa clínica de reabilitação.

Hoje, ele não tem mais problemas com drogas e diz que perdeu sua juventude por culpa do abuso de substâncias.

Fonte: Observatório de Música Uol

Fábio Assunção

Talvez essa seja a história mais recente de superação que o Brasil conhece. Fábio Assunção sofreu muito, principalmente por causa da forma que foi tratado pela internet no país.

O ator ficou muito conhecido por causa de vídeos publicados em todas as mídias, em que estava visivelmente alterado.  Após isso virou meme, figurinha e até teve música que levava seu nome de maneira negativa. No caso da música, Fábio Assunção conseguiu que o dinheiro arrecadado com ela fosse destinado a uma instituição de apoio a dependentes químicos.

Hoje o ator está há mais de dois anos sem beber e considera que o álcool foi a droga mais pesada que conheceu. Fábio perdeu 27kg, tem 50 anos e fez parte do elenco da série “Onde Está Meu Coração”, em que interpreta o pai de uma jovem dependente de crack.

Walter Casagrande

Muito conhecido por causa dos programas de esporte da TV Globo, em que participa como comentarista, Casagrande já enfrentou um grave problema de dependência química.

Dos seus 58 anos de vida, Casagrande usou drogas durante 37 anos. Durante isso passou por diversas situações, como:

  • 4 overdoses
  • Alucinações
  • Depressão
  • Surtos psicóticos,
  • Rompimentos familiares e 
  • Diversas recaídas.

Ele tem até hoje uma relação afastada dos filhos e netos por causa do vício, que também  acabou com seu casamento de 20 anos.

Durante esses 37 anos, Casão foi internado três vezes, na segunda vez passou um ano internado involuntariamente, após um acidente grave de carro em 2007.

Seu filho foi quem solicitou a internação involuntária, pois o pai passou 10 dias sem comer ou dormir bem, além de perder o controle do volante enquanto achava estar fugindo do demônio.

Sua terceira internação foi em 2015 e teve duração de seis meses. Nessa ocasião ele acabara de sofrer um infarto e voltou a usar drogas. Sua recaída dessa vez ocorreu por causa de uma depressão profunda, quando teve sua psique abalada por conta da morte de sua mãe. Segundo ele, ao conhecer a cocaína parou de sofrer pelo falecimento dela.

Através de mudanças de hábito, de vocabulário e a ajuda de psicólogos e médicos Casagrande conseguiu ficar sem consumir drogas. Não foi fácil, mas ele conseguiu.

Uma curiosidade é que durante esse período ele tirou de seu vocabulário palavras no diminutivo, como “baseadinho” ou “chopinho”, pois muitos dependentes usam esses termos para se iludir com a ideia de que quando em pequena quantidade e ocasionalmente não faz mal.

Em 2018, na Copa da Rússia, ele comemorou o fato de ser a primeira Copa do Mundo em que estava sóbrio.

Fonte: Uol

Angelina Jolie

A estrela Angelina Jolie, conhecida por papéis como Malévola e Lara Croft, também já falou muito sobre seu vício em drogas. Embora não tenha levado a situações mais complicadas, Angelina estava constantemente nos tabloides quando tinha apenas 22 anos.

A atriz sofria muito assédio das revistas de fofoca, principalmente quando um vídeo dela andando de um lado para o outro em casa após consumir cocaína e heroína foi vazado por seu traficante.

Na época a atriz conseguiu se recuperar e disse que foi através da substituição das drogas pelo trabalho. Alguns anos depois ela passaria por isso novamente, no entanto, mudou totalmente nos últimos dez anos, se tornando mãe de seis filhos, humanitária e uma das mulheres mais influentes na indústria do entretenimento.

Fonte: Uol

Ben Affleck

O ator Ben Affleck, conhecido por papéis importantes em filmes como Batman vs Superman, O Contador e Garota Exemplar, também já teve problemas com a dependência.

Affleck foi internado em uma clínica de reabilitação em 2018, quando sua ex-mulher, Jennifer Garner, pediu que ele buscasse ajuda. Antes disso o ator já havia passado por duas reabilitações, em 2001 e 2007, mas também passou por tratamento em 2017 e frequentou os Alcoólicos Anônimos.

A reabilitação em 2018 durou 40 dias, mas quando saiu optou por continuar com atendimento ambulatorial. Segundo as palavras do próprio ator “Lutar contra o vício é difícil e duradouro, por isso, nunca se está dentro ou fora do tratamento.”

Fonte: Mulher

Whindersson Nunes

Whindersson Nunes revelou em seu livro “Vivendo como um Guerreiro” que usava drogas antes de conhecer sua ex-mulher, Luísa Sonza, em torno de 2017. O youtuber diz em seu livro que houve um tempo em sua vida que não conseguia ficar longe das drogas.

Quando seu relacionamento terminou, as drogas foram o destruindo e não havia mais intervalo entre as substâncias. Ele diz que sentiu como se estivesse usando para preencher algo que não sabe o que era. Embora Whindersson não diga abertamente se está recuperado da dependência, sempre fala no assunto como algo do passado.

Ainda diz que pensou algumas vezes sobre a internação, mas seus amigos aconselharam que isso seria um prato cheio para a mídia e não queria que culpassem a Luísa pela sua dependência.

Fonte: Vogue

Justin Bieber

No documentário “Seasons” sobre sua vida, Justin Bieber fala que começou a fumar maconha quando tinha por volta de 12 a 13 anos, no quintal de sua casa.

Segundo ele, sofreu com depressão e pensamentos suicidas. Embora muitos digam que a maconha seja a porta para outras drogas, isso não é necessariamente verdade, mas foi a partir d maconha que Justin passou para outras drogas, até que experimentou o ecstasy.

Nesse momento, o vício começou a ficar muito sério. Segundo ele, sua equipe e seguranças iam ao seu quarto à noite para checar se ele ainda estava vivo. Além disso, seu dia só começava após tomar comprimidos e maconha. 

Foi então que ele disse a si mesmo: “Deus, se você for real, me ajuda a passar por isso e parar com os remédios e outras coisas. E se você fizer, eu faço o resto do caminho

Durante o processo ele passou por um tempo sóbrio, mas teve uma recaída. Nesse período contou muito com sua esposa, que foi essencial para se livrar da dependência.

Hoje, Justin garante que está 100% sóbrio.

Fonte: Capricho

Eminem

Eminem é um rapper norte-americano, além de produtor musical e compositor. Quando criança foi abandonado pelo pai e passou a infância em um bairro de Detroit. O rapper iniciou a carreira nos anos 90 e nos anos 2000 lançou o álbum mais vendido dos EUA na época.

Em 2005 Eminem estava com problemas com drogas depressoras, quando quase sofreu uma overdose após tomar pílulas que um desconhecido lhe deu. Seu médico na época disse que a quantidade de drogas que ele ingeriu era referente a quatro porções de heroína. 

Após passar pela recuperação, sofreu um problema no joelho e precisou fazer uma cirurgia porque não poderia tomar remédio para dor. Após a cirurgia, afirma que revirou a casa inteira para encontrar um analgésico e encontrou Valium, ocorrendo sua segunda queda, oportunidade onde admitiu ser viciado. 

Esse fato fez inclusive com que o rapper dissesse que tinha compaixão por sua mãe, com quem teve problemas por anos, que segundo ele era dependente química.

Eminem passou por uma clínica de reabilitação em 2007 e contou na revista Men’s Journal qual seu segredo para manter-se sóbrio após a saída. Ele substituiu seus maus hábitos por hábitos mais saudáveis. Afirmou inclusive que corria 27 km na esteira em um único dia. Ele perdeu 37 quilos com os novos hábitos e conseguiu se recuperar.

Elton John, outro astro da nossa lista, ajudou Eminen a manter-se sóbrio.

Afinal, apenas famosos podem se livrar do vício em drogas?

Muitas pessoas pensam que as drogas são um caminho sem volta, e muitas vezes realmente são. No entanto, é possível sim, se recuperar da dependência química! Aqui na Casa Despertar mesmo, temos diversos profissionais que venceram a dependência e hoje trabalham conosco.

Embora seja possível, não quer dizer que é fácil. Inclusive, a dependência química é uma doença crônica e mesmo após anos sem consumir nenhuma substância, ainda existirá uma lembrança forte. Essa é uma das principais razões para acontecer as recaídas. Aqui vão algumas dicas para tentar deixar o vício:

Parar de uma vez

Muitas pessoas pensam que abandonar a substância gradativamente é a melhor opção, no entanto, não acontece assim.

As drogas causam sensações e o cérebro fica menos sensível com o passar do tempo, por isso, o usuário precisa de mais quantidade e mais vezes para sentir o prazer que sua droga causa. Parar gradativamente, provavelmente não irá acontecer, mesmo que queira, pois o cérebro pedirá mais.

O ideal é parar de uma vez, no entanto, pode ser perigoso, afinal, parar abruptamente causa crises de abstinência e nesse momento é necessário um acompanhamento, pois é uma fase perigosa, que precisa de assistência e às vezes de medicação.

Embora parar de uma vez seja ideal, as recaídas são muito comuns no processo de recuperação de um adicto. Essas recaídas podem acontecer logo no início da pausa ou após anos sem consumir nenhuma droga.

Isso acontece porque mesmo que uma pessoa pare de usar uma substância, seu cérebro lembrará das sensações e dos momentos, por isso pode levar tempo para conseguir finalmente.  Por isso que “Um dia de cada vez” e “Só por hoje” são frases usadas pelas pessoas em recuperação, afinal, cada dia sem drogas é uma vitória.

Apoio da família

A família tem um papel muito importante na recuperação de dependentes. No entanto, o vício muitas vezes faz com que a pessoa faça o contrário e se distancie da família e amigos.

Para tentar se recuperar, essas pessoas têm um papel crucial. Com muita conversa, momentos e apoio incondicional fica mais fácil conseguir abandonar o vício.

Evitar certos lugares e pessoas

Se você consumia drogas em determinados lugares com determinadas pessoas, deve evitar isso se procura parar com o vício. Isso acontece porque sempre que ver essas pessoas e lugares acaba relembrando e querendo aquilo novamente com mais força.

Persistência

Ao iniciar a jornada para deixar de ser dependente químico é muito importante persistir nos hábitos de mudança. Muitas vezes vai ser bastante difícil e quase impossível, mas mesmo que haja recaídas pelo caminho, levante-se e volte a tentar.

Conte com uma clínica de recuperação

Uma clínica de reabilitação possui equipe e preparo necessário para o tratamento. Aqui na Casa Despertar, são diversos profissionais trabalhando com os pacientes em recuperação, por exemplo:

Todos esses profissionais trabalham para a recuperação, acompanhando o paciente em todos os momentos e isso faz muita diferença. Com apoio psicológico e físico, aconselhamento e muitas vezes medicação, o tratamento possui mais chances de ser efetivo.

As histórias que contamos servem para que possamos nos inspirar, perceber que nunca é cedo ou tarde demais para mudar nossas vidas e vencer as barreiras do vício. Quanto mais cedo iniciar o tratamento, mais chances têm de passar por isso de forma melhor. 

Tem alguém na família com problemas com drogas? Fale com a gente.

Compartilhe esse post

Relacionados

Deixe seu cometário

2 respostas para “12 Famosos que venceram o vício em drogas e suas histórias”

  1. Avatar Sueli disse:

    Boa noite gostaria dw conseguir um tratamento pro meu filho como faço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Avatar Sueli disse:

    Boa noite gostaria dw conseguir um tratamento pro meu filho como faço

  • Comece agora a mudança na sua vida

    entre em contato com nossa equipe